domingo, 9 de junho de 2013

Roubo no Porto de Santos

Conforme este blog adiantara, veja a reportagem na TV Globo  sobre o roubo na CODESP.

Caixa eletrônico é explodido dentro de prédio do Porto de Santos

Equipamento estava no interior do prédio de Operações da Codesp.
Crime foi cometido por cinco homens que chegaram de barco.


Do G1 Santos.
Comente agora
Caixa eletrônico é explodido dentro de prédio da Codesp em Santos, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Caixa eletrônico é explodido dentro de prédio da Codesp em Santos, SP. (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Um caixa eletrônico foi explodido dentro de um prédio do Porto de Santos, no litoral de São Paulo, nesta sexta-feira (7). O equipamento estava no interior do Centro de Operações da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). O crime foi cometido por cinco homens encapuzados que chegaram e foram embora de barco.
A ação aconteceu por volta das 4h. Segundo a Codesp, a quadrilha abordou um funcionário e o levou para o interior do andar térreo do prédio, onde estava o equipamento, ao lado da Tesouraria. Outros cinco trabalhadores, entre portuários, porteiros e vigias também foram rendidos pelos criminosos.
Os suspeitos precisaram de duas detonações para conseguir ter acesso ao dinheiro. A segunda explosão causou danos também ao imóvel. Além da quantia ainda não divulgada, os celulares dos trabalhadores também foram roubados. A ação demorou cerca de cinco minutos, na fuga, os criminosos chegaram a trocar tiros com a Guarda Portuária, mas ninguém se feriu.
A Polícia Militar estava próxima ao local do assalto, mas não conseguiu se aproximar porque um trem fazia manobras no momento e não permitiu o deslocamento da viatura. A ocorrência foi registrada no 4° Distrito Policial de Santos, até o momento ninguém foi preso.

http://globotv.globo.com/tv-tribuna/jornal-tribuna-2a-edicao/v/assaltantes-usam-barco-para-roubar-caixa-eletronico-da-codesp/2622219/

Um comentário:

ernanes pinheiro disse...

a coisa ta feia mesmo só que aqui em Rondônia é pior pois a guarda não tem monitoramento o efetivo é de três homens e se furtam alguma coisa da área extensa dos pátios querem que o guarda pague ou elaboram alguma punição para isso.